Sinto

10.2.17


Há todo um repertório R&B para descrever o que sinto. Mas nada seria suficiente. Nada teria o mesmo valor e encanto. O que sinto é muito mais. É maior. Não cabe em lugar nenhum. Não serve nem dentro do meu coração. Com ou sem metáfora. 

O que eu sinto é um emaranhado de loucuras. Uma confusão feliz. Um paraíso desconstruído. São pedaços de sorrisos em noites de luar. 

Eu sinto com tanta intensidade que dói-me o corpo todo cada vez que te vejo. Deixo de sentir as pernas. E todo o meu cérebro grita coisas imperceptíveis. Fico imóvel com o que sinto. Perco o caminho das trevas e deixo-me estar na felicidade plena. Sou apenas vontade de ser. 

Eu sei o que sinto. E sei o quanto sinto. Mas nunca saberei explicar esse sentimento. Vou limitar-me a perder a fala e o fôlego na tua presença. Vou ceder aos impulsos nervosos e render-me as emoções. Vou aceitar a nulidade da minha existência na tua. Vou sentir com tudo e como nunca. Vou ser só sentimento. 

Cenas Parecidas

0 Outras Alturas

Skoob | Minha Biblioteca Virtual

Portfólio | Arquitetura & Design

Flickr | Galeria de Fotografias