A dor que dói

13.5.16


O pior tipo de dor é causado pela verdade. Quando palavras sinceras cruzam uma sala e rasgam gargantas sedentas. Quando como disparos não ponderados as frases dizimam vilas de esperança e vontades. A pior dor é aquela causada por conversas bem intencionadas em sofás afundados. Pelos sorrisos que revelam falhas invisíveis a olho nu. Pelos olhares de pura reprovação e rejeição. A dor que dói lá no fundo vem da superfície. Anda de mãos dadas com a vítima antes de se rir dela. Consola o seu choro antes mesmo de se fazer ausente, para sempre. E assim, a dor magoa. Vai deixando um trilho pesado demais para balanças quantificarem. Desfazendo em pedaços miúdos e minúsculos quem a hospeda. Mas o pior da dor é que ela dói. Nunca passa disso. Fere até se esgotar. Ou transformar-se em algo mais. E um dia, sem previsão, tudo pára. 

Cenas Parecidas

0 Outras Alturas

Skoob | Minha Biblioteca Virtual

Portfólio | Arquitetura & Design

Flickr | Galeria de Fotografias