Tipo

5.8.15

Bete

Imagem por ZéCarlos

Não era um sorriso qualquer. Era um sorriso sorridente. Contagiante. E foi quando ela exibiu aquele sorriso que ele apaixonou-se. Por ela. Como nunca anteriormente. Era uma paixão inédita. Que o fez descobrir-se. No instante em que ela sorriu, ele descobriu que não tinha um tipo. Aliás, toda a Teoria do Tipo desvaneceu. Ela não era loira nem baixinha. Não estudava arte nem ouvia Bossa Nova. Não tinha problemas em vestir calções e não falava francês. Ela não era a mulher dos sonhos dele. E ele descobriu que por ela não valia a pena sonhar. Não valia a pena ter o que se chamava de Tipo. Mas havia um problema. Ela acreditava em tipos. E ele não era alto o suficiente. Não gostava de Chuck Taylor nem tinha barba. Era amante de romances policiais e não usava a cor rosa. Mas o pior de tudo é que ele quis ser advogado. E, definitivamente, não era o tipo dela.

Cenas Parecidas

0 Outras Alturas

Skoob | Minha Biblioteca Virtual

Portfólio | Arquitetura & Design

Flickr | Galeria de Fotografias