Não Esperes

22.7.15

DSC_0629

Não esperes por mim. Não vou aparecer. Tenho coisas a fazer. Cá em casa a roupa não se lava sozinha. Nem a comida é entregue a porta. Sou eu quem tudo faz. Lavo a louça. Limpo as minhas lágrimas. Chamo por ti. Conto-me estórias. E rio das minhas próprias piadas. Falta-me tempo para sair. Não tenho habilidades sociais. Diversão é viagem solitária. Por isso levanta-te desse banco. Segue o teu caminho. Vai sem olhar para trás. Sem estender a mão. A minha não estará lá. Eu estarei em casa. A vasculhar o nosso passado. A reverter o tempo na minha mente. A acreditar que a tua ida é a minha permanência. Que o teu adeus é o meu ok. Que tu vais ultrapassar isso. E eu não.

Cenas Parecidas

0 Outras Alturas

Skoob | Minha Biblioteca Virtual

Portfólio | Arquitetura & Design

Flickr | Galeria de Fotografias