Leve

22.5.14



E agora toda a gente pergunta como estou. Como tem sido. Se já levo uma vida normal. Como me sinto. Tenho dado a mesma resposta: estou leve. Sim, leve. Como uma pena. Uma nota musical. Uma rajada de vento. Leve.  

Essa talvez seja a única vantagem. Antes disso a minha vida era pesada. Tempo inexistente. Compromissos constantes. Mentiras perpetuadas. Pessoas desnecessárias. Peso a mais. Pesada. 

Tenho estado nos trilhos. Andado por aí. Comendo o que gosto. Falando com quem me apetece. Dito o que acho conveniente. Pensado pouco. Aprendendo muito. Me deixado levar. Pela calma da felicidade. E pela sua leveza.  

Cenas Parecidas

0 Outras Alturas

Skoob | Minha Biblioteca Virtual

Portfólio | Arquitetura & Design

Flickr | Galeria de Fotografias