Já não sonho

9.9.12

DSC04219


Já fui uma sonhadora. Sim, fui, no passado. Quando sonhar valia a pena. Quando eu acreditava nos meus sonhos. Por mais fantasiosos que fossem. Por mais disparatados que parecessem. Eram os meus sonhos. E eu acreditava neles.

Era movida por uma esperança que não era a última a morrer. Mostrava-se infinita. Mas afinal tinha prazo de validade. A esperança morreu e foi enterrada com o meu prazer de sonhar.

Ainda sonho. Mas agora, sonhar não é mais do que rotina. Sonho porque durmo. Já não sonho acordada. Já não sonho por gosto ou vontade. Já não sou uma sonhadora.

Cenas Parecidas

0 Outras Alturas

Skoob | Minha Biblioteca Virtual

Portfólio | Arquitetura & Design

Flickr | Galeria de Fotografias